8 sinais de que uma amizade pode estar sendo tóxica




É comum falarmos sobre relacionamentos amorosos que causam mais mal do que bem. Porém, além de um parceiro ou parceira que nos prejudica, também devemos saber identificar uma amizade tóxica.


Muitas vezes, é ainda mais difícil chegar à conclusão de que uma amiga ou um amigo não são assim tão benéficos para a sua vida, e você pode passar anos sofrendo com os efeitos dessa relação. Fique de olho nestes 8 sinais para descobrir possíveis amizades tóxicas:


1. Você evita mensagens e ligações dessa pessoa


Talvez você não saiba muito bem por que, mas você fica meio irritada só por ver o nome de uma amiga ou amigo piscando na tela no seu celular. Afinal, você já pode prever que a conversa vai envolver um grande descarregamento de problemas emocionais – todos eles pertencentes à outra pessoa.


Não é que você não queira ajudá-la, mas talvez você já tenha ficado um pouco cansada de o único assunto entre vocês ser exclusivamente as necessidades dela, enquanto ela não se lembra nem de perguntar como você está.


2. Ela nunca tem tempo para você


Você pode passar horas consolando sua amiga porque um cara do Tinder sumiu, mas ela aparentemente não tem tempo para você nem quando acontece algo muito grave na sua vida, mesmo que seja a perda de um ente querido.


Uma amizade verdadeira é uma via de mão dupla. Se você perceber que você é a única que pessoa que dá e ela é a única pessoa que recebe, algo está errado nesse relacionamento.


3. Você tem receio de desagradá-la


Você sente que sua amiga sempre espera que você a atenda o mais rápido possível. Não importa se você está no trabalho ou curtindo uma noite romântica, você sente que essa amizade criou uma obrigação de que você esteja sempre disponível para a outra pessoa.


Justamente por isso, quando você pensa que talvez tenha o direito de se colocar em primeiro lugar de vez em quando, você começa a sentir receio de desagradar a outra pessoa. Isso acontece porque essa “amizade” funciona apenas se você estiver à disposição o tempo todo. Assim, de forma inconsciente, você se preocupa em magoar sua amiga – sendo que, na verdade, você não está fazendo nada além de cuidar da sua própria vida.


4. Você fica emocionalmente exausta depois de ver sua amiga


Amizades também têm seus altos e baixos, mas, para que elas sejam verdadeiras, é necessário que os momentos de alegria e parceria superem as dificuldades. Por isso, se você sempre se sente exausta, triste ou irritada depois de ver seu amigo ou sua amiga, este é um sinal claro de que essa não é uma amizade saudável.

Pessoas que te deixam para baixo, despertam dúvidas sobre seus sonhos e projetos, ou colocam você em situações difíceis (sejam elas emocionais, morais ou financeiras) não acrescentam nada de bom na sua vida. Afastar-se pode ser a melhor opção.


5. Você se sente mal fisicamente depois de ver essa pessoa


A única dor que você deveria sentir depois de encontrar uma amiga é aquela leve tensão nas bochechas de tanto dar risada. Por outro lado, se você tem dor de cabeça, dores musculares ou problemas gastrointestinais depois de passar algum tempo com um amigo em específico, esse é um sinal claro de que se trata de uma amizade tóxica.


Ter bons amigos estimula nosso sistema imunológico e aumenta nossa expectativa de vida – e é claro que conviver com pessoas que te fazem mal vai causar os efeitos opostos.


6. Você está sempre pisando em ovos e escondendo coisas


Uma amizade nunca parece tóxica no começo: afinal, para se tornarem amigas, é muito provável que vocês dessem risada juntas e parecessem estar confortáveis na presença uma da outra. Porém, parece que algo mudou nessa relação.


Para não magoar sua amiga, você começa a escolher cuidadosamente cada palavra que dirá a ela, pois as chances de ser mal interpretada são grandes – como se ela não conseguisse se lembrar de que você gosta dela e não tem intenção de magoá-la.


Além disso, você passa a esconder determinados acontecimentos, sejam eles bons ou ruins, pois você sabe que sua amiga não vai reagir de uma forma muito positiva: ao contar algo ruim, ela coloca você ainda mais para baixo; ao contar algo bom, ela diminui sua conquista. Se você se vê obrigada a se policiar o tempo todo, essa não é uma amizade saudável.


7. A amizade de vocês está prejudicando outros relacionamentos


Talvez você tenha duas amigas que não se dão muito bem, e isso é totalmente normal. Contudo, não é nada normal que uma amiga não goste de todos os seus outros amigos, do seu parceiro e da sua família.


Da mesma forma que acontece em relacionamentos amorosos tóxicos, um amigo tóxico também pode agir para tentar isolar você, até que ele seja a única pessoa que restou na sua vida.


Se você perceber certa manipulação para se afastar de outras pessoas queridas ou, então, se seus amigos verdadeiros e sua família se mostrarem descontentes com essa amizade em particular, é bom ficar de olhos abertos.


8. Você está desenvolvendo problemas de saúde graves


O estresse e a ansiedade podem sair do campo emocional e psicológico e atingir seu corpo, resultando em um fator de risco aumentado para problemas de saúde como diabetes, doenças cardíacas e até mesmo câncer. E isso não é diferente quando o estresse e a ansiedade são gerados por uma amizade tóxica.

Costumamos pensar que lidar com uma amiga tóxica é mais fácil do que com um parceiro que te faz mal, mas nem sempre as coisas são assim tão simples. Afinal, amigos tóxicos geralmente têm o dom de deixar você em dúvida, e você sempre vai se perguntar se “foi isso mesmo que ele quis dizer”.


Por isso, se você apresentar um problema de saúde repentino e se vir presa a uma amizade que não te faz bem, pode sim haver uma ligação entre esses dois fatores. Reconhecer uma amizade tóxica e “terminar” essa relação não são tarefas simples, mas fazer isso é fundamental para que você possa restabelecer seu equilíbrio físico e mental. Portanto, coloque-se em primeiro lugar, busque ajuda profissional se necessário e livre-se dessa pessoa que tanto te faz mal.