Seja Gentil com você mesmo.

 
"Seja gentil com você mesmo. Aprenda a se amar, a perdoar a si mesmo, pois só quando temos uma atitude correta com nós mesmos é que podemos ter a atitude correta com os outros."  Wilfred Peterson


Você já parou para pensar por que é tão difícil ser gentil com você mesmo? Por que nos cobramos tanto? Porque fazemos mais pelo outro do que por você mesmo?
Tá lá na Bíblia: “Ame o próximo como a ti mesmo.”. A ordem é clara, precisamos nos amar primeiro para depois amar o próximo. Pare e pense um pouco: o que aconteceria dentro de você se por um tempo começasse a focar mais seu potencial em vez de se sabotar? O que aconteceria se prestasse atenção em suas capacidades, aptidões e acertos e deixasse de lado aqueles “erros” de seu caráter que até hoje o limitam?
 Comece a viagem de se conhecer lentamente, como se estivesse andando de mãos dadas com uma criança pequena. Não se apresse. Não se cobre muito.  Você não pode tentar mudar seus pensamentos e atitudes de uma forma cruel, sem paciência. Seja cuidadoso e gentil consigo mesmo da mesma forma que você seria com uma criança.
Você não conseguirá ser gentil e bondoso consigo mesmo se você não se aceitar em primeiro lugar. Aos poucos silencie aquela voz interior que tenta te denegrir e te destruir. Olha só até onde você já chegou! Dê algum valor as suas conquistas! Você é o seu melhor amigo, por isto seja gentil com você mesmo. Aqui, aquela história do espermatozoide vencedor se encaixa perfeitamente.
Faça as pazes com você.  Faça algo que te alegre e que te faça bem. Dê um tempo para se recuperar. Comece escrevendo uma carta para você  dizendo todas as suas qualidades e o que você espera acontecer de bom daqui um tempo e coloque nos correios.  Compre um batom vermelho e saia para tomar uma bebida sozinha. Coloque o seu melhor perfume e vá ao supermercado. Seja gentil com você através de atitudes.  Se trate como você trata alguém que você ama muito.
Esteja aberto a todos os tipos de sentimentos. Bons ou ruins. Se permita sentir. Não há nada de errado em sentir e expressar suas emoções. Aliás não expressar o que sente pode trazer grandes problemas. Sigmund Freud já dizia : Volte seus olhos para dentro, contemple suas próprias profundezas, aprenda primeiro a conhecer-se! Então, compreenderá por que está destinado a ficar doente e, talvez, evite adoecer no futuro" 

E lembre-se: seja você! Com seus erros, imperfeições, qualidades e acertos!  Parece cliché e de fato o é, mas é verdadeiro, pois não existe no mundo ninguém igual a você.  Celebre esta pessoa maravilhosa e única que você é. Portanto, seja gentil com você mesmo. Aprenda a se amar, a perdoar a si mesmo, pois só quando nos amamos é que podemos amar o próximo.

Debora Oliveira