Hodor hodor hodor. Hodor hodor? Hodor. Hodor-hodor. Hodor!



"- Hodor? - disse ele, com voz triste.
- Hodor - concordou Bran, perguntando a si mesmo que significado teria aquilo." 
(A guerra dos tronos, capítulo 53)



Game of Thrones volta com tudo neste Domingo (na HBO, 12/04 com sinal aberto.UEBA!) . Se você não mora na lua já deve ter ouvido falar alguma coisa a respeito da série e para os fanáticos psicólogos, médicos ou apenas fanáticos da série de plantão este texto vai te interessar.

Afinal de contas, porque Hodor fala apenas “Hodor”? Pois saiba que há uma explicação neurológica que explica o por quê de Hodor falar apenas uma palavra.

Da forma mais simples de se explicar , Hodor é um dos servos da família Stark. É lento de raciocínio, mas é gentil e leal à família Stark. Ele só é capaz de dizer uma palavra, Hodor. As crianças Stark acreditam que este seja o seu nome, até que a Velha Ama, sua bisavó, revela que seu verdadeiro nome é Walder. Ah, e claro, é que ele só fala uma única palavra: Hodor.

Então, o que pode explicar a incessante de” Hodor Hodor-ando”? Se ele pretendia ou não, George RR Martin criou um personagem com um exemplo clássico de uma condição neurológica chamada afasia expressiva ou afasia de broca.


Esta condição remonta ao médico francês Paul Broca. Em 1861, Broca foi apresentado a um homem chamado Louis-Victor Leborgne. Enquanto sua compreensão e funcionamento mental permaneceu relativamente normal, Leborgne perdeu progressivamente a capacidade de produzir fala significativa ao longo de um período de 20 anos. Como Hodor, o homem foi apelidado de Tan porque ele só falou uma única palavra: Tan.

Apenas alguns dias depois de conhecer Broca, Leborgne faleceu. Na autópsia foi encontrado uma lesão no lobo frontal de Leborgne no hemisfério cerebral, ao lado de uma dobra cérebro chamada de sulco lateral. Ao longo dos próximos dois anos, Broca pode analisar os cérebros de mais 12 pacientes com os mesmos sintomas de Leborgne, e encontraram danos notavelmente consistentes nessa área.

Os neurocientistas ainda estão examinando esta pequena região do cérebro, agora conhecida como "área de Broca” em uma tentativa de entender as suas muitas funções. Enquanto a maioria das pesquisas tem se concentrado em incapacidade do paciente para formar frases sintaticamente complexas quando esta área está danificada, o trabalho mais recente usando ressonância magnética funcional também mostrou que a área de Broca é ativo durante tarefas como a compreensão de linguagem , a interpretação de movimento, e abrangendo vários gestos associados com a fala, como acenando adeus.

A causa mais comum da afasia expressiva é o AVC, o que ocorre quando um coágulo bloqueia o sangue de um dos vasos no cérebro, mas também também pode ser causada por um tumor, hemorragia, um hematoma no revestimento de membrana do cérebro, ou traumatismo craniano. Sabe-se por exemplo que Leborgne teve crises de epilepsia quando era criança - alguns têm especulado que ele pode ter sofrido traumatismo craniano durante um episódio.

Então, qual é a história de Hodor? Será que ele teve uma pancada na cabeça, sofreu um acidente vascular cerebral, ou simplesmente quando bebê gigante caiu do colo da sua mãe? Martin não ofereceu nenhuma dica para os leitores ou espectadores.


Bem, enquanto Hodor só pode falar uma palavra, podemos apenas imaginar que ele um passado tão interessante como os outros personagens de Martin.